PRESIDÊNCIA 
Fladem Brasil 2018-2019

PRESIDENTE 

LEONARDO MORAES BATISTA (Sesc Nacional)

É Presidente do Fladem Brasil, Seção Nacional do Fórum Latinoamericano de Educação Musical (FLADEM). É Licenciado em Música e Especialista em Educação Musical pelo Conservatório Brasileiro de Música (UNICBM). É Mestre em Música pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Coordena o Projeto “Arte na Escola” no Departamento Nacional do Sesc, na Gerência de Educação/Diretoria de Educação. É Curador da Mostra Sesc Prismas do Som, que trata de aspectos ligados à acústica, no Projeto Sesc Ciência. É docente no curso de Especialização em Educação Musical pelo Fladem Brasil/UNICBE. Coordena e integra o Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Musical (GEPEM) pelo Fladem Brasil/UNICBM, com projeto de pesquisa intitulado Música, Cultura, Educação: pensando a Educação Musical nos/com os espaços de aprendizagem. Participa do Grupo de Estudos e Pesquisas Interétnico de Educação Musical, composto por pesquisadores e professores e tratam da perspectiva das Relações Étnico Raciais. Integra do Conselho Fiscal da ABEM (2017-2019).

VICE-PRESIDENTE -GLAUBER RESENDE DOMINGUES (SME/RJ)

Doutor e Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Graduado em Licenciatura em Música pela Escola de Música da mesma universidade. Professor de Educação Musical na Secretaria Municipal de Educação da cidade do Rio de Janeiro, atuando no 2º segmento do Ensino Fundamental na Escola Municipal Rose Klabin e Professor das oficinas de Cinema e Música, Teclado e Canto Coral no Núcleo de Arte Grande Otelo. Vice-presidente do Fórum Latino-Americano de Educação Musical - sessão Brasil. Integra o Grupo de Pesquisa Currículo e linguagem cinematográfica na Educação Básica e o Programa de Extensão CINEAD - Cinema para aprender e desaprender, do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFRJ. Membro da Rede KINO - Rede Latino-Americana de Educação, Cinema e Audiovisual. Tem interesse pelos estudos acerca da Arte, com foco nos processos de Escuta em experiências estéticas na escola, com foco na Música e no Cinema, principalmente a partir de interlocuções com a Filosofia da Diferença.

1º SECRETÁRIA

ELIETE VASCONCELOS (SME/RJ)

Mestre em Processos Criativos pela UFRJ (2017). Graduada em Licenciatura em Música pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2003). Pós-graduada em Arteterapia com especialização em saúde e educação (2011). Fez especialização em Piano pela Musik Akademie der Basel Stadt - Suíça (2003). Tendo atuado no cenário musical brasileiro e na Europa como intérprete, atua como pianista, multi-instrumentista, arranjadora do Grupo Musical Expresso Pindorama. Atua como professora de Educação Musical na Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro. Atuou como docente no curso de Pós-Graduação em Educação Musical da Fundação Educacional Unificada Campograndense (FEUC). Desenvolve pesquisas no meio musical relacionadas à Educação, Cognição Musical e Filosofia. Participou como integrante no grupo de pesquisa Educação Musical, Sociedade e Cultura, da Agência do Bem (2014-2015). Atualmente é Secretaria do Fórum Latinoamericano de Educação Musical (FLADEM - Brasil).

2º SECRETÁRIO

HUGO BOZZANO (SP)

Licenciado em Educação Musical pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Especialização em Atendimento Escolar Hospitalar pela Universidade Federal de Sao Paulo (Unifesp). É educador musical, músico e compositor. Também atua em projetos artlsticos interdisciplinares. Atualmente cursa mestrado na Universidad de Valencia, onde pesquisa o uso de materiais didáticos na sala de aula de Artes.

1º TESOURARIA 

JEANINE BOGAERTS (UNICBE)

Mestre pela Escola de Música, UFRJ, possui graduação em Bacharelado em Piano pela Faculdade Mozarteum de São Paulo (1994) e Licenciatura em Educação Artística com Habilitação em Música, pelo Conservatório Brasileiro de Música. Atualmente é professora da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, na Fundação Oswaldo Cruz, atuando nos segmentos EJA e Ensino Médio. É professora de Didática da Música no curso de Licenciatura do Conservatório Brasileiro de Música - Centro Universitário (CBM/CEU). Atuou como membro do Comitê Acadêmico Científico do Forum Latinoamericano de Educação Musical - Fladem Brasil. É atual tesoureira do Fladem Brasil. Tem experiência na área de Educação Musical, atuando, principalmente, nos seguintes temas: música, educação musical, educação musical inclusiva.

2º TESOURARIA

SULAMITA LAGE (UBM/ UNICBE)

 

Mestre em Música (Práticas Interpretativas - Piano) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Pós-Graduada em Pedagogia do Piano pelo Conservatório Brasileiro de Música - Centro Universitário (Uni - CBM ) em 2012 e Bacharel em Piano e Licenciada no instrumento em 2006 pela mesma universidade. Atualmente é professora no Conservatório Brasileiro de Música - Centro Universitário (CBM-CEU) e no Centro Universitário de Barra Mansa (UBM). É membro da Junta Diretiva do Fladem Brasil (2017-2019)

COMISSÃO DE VOGAIS

JULIANE LARSEN (UNILA)

Professora Assistente na Universidade Federal da Integração Latino-Americana - UNILA, em Foz do Iguaçu. Bacharel em piano pela Universidade Estadual de Maringá (2007) e mestre em Artes pela Universidade de São Paulo (2010), sob orientação do Prof. Dr. Rodolfo Nogueira Coelho de Souza. Atualmente cursa o doutorado em Música sob orientação do Prof. Dr. Mário Rodrigues Videira Junior, na área de Musicologia, também na Universidade de São Paulo, onde desenvolve pesquisa sobre a música de concerto como representação da cultura de elite no período da Primeira República brasileira. Entre 2015 e 2016 realizou estágio de doutorado na Universidade de Roma “La Sapienza”, sob orientação do Prof. Dr. Emanuelle Senici, com quem trabalhou questões envolvendo a historiografia musical. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Musicologia, atuando principalmente nas subáreas de história da música e historiografia musical.

ANDRÉ GONÇALVES DE OLIVEIRA (UNOESTE)

Pós-doutorado em Música (UFRJ); Doutorado em Artes, (UnB); Mestrado em Filosofia (UNESP); Licenciatura em Música (UEL)

NANY VIEIRA (UFBA)

Liceciada em Música pela UFBA, onde atualmente cursa o mestrado em Educação Musical sob a orientação da Profaª Drª Flavia Candusso, cuja pesquisa analisa o processo de construção da identidade cultural na cultural Hip Hop. Possui especialização em Regência pelo UNASP e aperfeiçoamento pela UFSCAR, em Educação para as Relações Étnico-Raciais. Professora de música em escolas regulares e especializadas desde 1994, ministrando suas em todos os segmentos da Educação Baaica. Entre 2009 e 2014 foi professora do programa "Descubra a Orquestra" da Findacao OSESP atuando na formação continuada de professores da rede pública e privada do estado de São Paulo. Desde 2006 é professora de Artes efetiva da rede municipal de Jundiaí, São Paulo, atuando com Ensino Fundamental II e EJA, desenvolvendo projetos na área de Educação Musical, ensino coletivo de instrumentos e processos criativos.

 

CONSELHO EDITORIAL/COMITÊ CIENTÍFICO

 

PRESIDENTE - PATRÍCIA MERTZIG (UNOESTE)

Licenciada em Música pela Universidade Estadual de Londrina - UEL (2002). Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Maringá - UEM (2009). Doutoranda do PPG em Educação da Universidade Estadual de Maringá - UEM (2014-2017). Professora do curso de Música (licenciatura) da Unoeste com disciplinas ligadas a Educação Musical e instrumento (violino/viola). Participa do grupo de pesquisa GPEaDTec (Grupo de pesquisa em Educação a Distância e Tecnologias Educacionais - Cnpq UEM).

ANA CAROLINA NUNES DO COUTO (UFPE)

Doutora em Sociologia pela UFPE. Mestre em Música pela UFMG. Licenciada em Música pela UEL. Professora no Departamento de Música da UFPE.

ROSANGELA DUARTE (UFRR)

Me formei em música no Conservatório Carlos Gomes, em São Paulo. Fiz mestrado em Educação em Cuba e doutorado em Educação na UFRGS, sob a orientação da Prof. Esther Beyer. Minha tese trata da construção do conhecimento musical dos professores de educação infantil, acredito no trabalho do pedagogo em parceria com o professor de música para levarmos a música para a sala de aula como conhecimento a ser vivenciado pelas crianças. Eu moro em Boa Vista - Roraima, extremo norte do Brasil, me aposentei no ano passado pela Universidade federal de Roraima, mas continuo como professora colaboradora a coordenar o Núcleo de Pesquisa Criança, Educação e Arte - CREAR, onde temos projetos em andamento junto ao Centro de Educação da UFRR, e convênios com municípios, Tribunal de Justiça (Vara da Infância) e outras universidades. Sou professora do Mestrado em educação da Universidade Estadual de Roraima.

EDUARDO PACHECO (UERGS)

Possui graduação em Música, Bacharel - opção : Percussão pela Universidade Federal de Santa Maria (2001) e mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (2005). É doutor pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul na linha de Pesquisa Filosofias da Diferença e da Educação. Professor da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, tem seu trabalho voltado para a formação de professores interessados em problematizar sobre a arte dentro do contexto educacional. Atua como instrumentista solo de percussão procurando trabalhar em espaços identificados com a educação, na perspectiva de aproximar o fazer artístico das discussões que envolvem o campo da Educação. É coordenador do curso de Música - Licenciatura da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul. É coordenador dos grupos de Pesquisa ARTDIFE - Arte, Diferença e Educação e ZIP - Zona de Investigação Poética, grupos que envolvem os cursos de Licenciatura em Música, Dança, Artes Visuais e Teatro da UERGS. É professor do Programa de Pós-Graduação em Educação da mesma universidade.

 

COMITÊ CONSULTIVO

TECA ALENCAR (USP)

 

MARISA FONTERRADA (UNESP)

 

Marisa Trench de Oliveira Fonterrada – é professora Livre Docente em Técnicas de Musicalização pela UNESP, Doutora em Antropologia e Mestre em Psicologia da Educação, ambas as titulações pela PUCSP. Bacharel em Música pelo Instituto Musical São Paulo. Professora colaboradora do Programa de Pós-graduação em Música do IA/UNESP. Coordenadora do GEPEM – Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação Musical (1997 até o presente). Diretora do Instituto de Artes da UNESP (2000/2004) e da Escola Municipal de Música de São Paulo (1977/1985). Responsável pela criação e instalação da EMIA – Escola Municipal de Iniciação Artística (1981) e da ETEC de Artes, do Centro Paula Souza, em São Paulo (2008/2009). Autora de livros e artigos sobre música, educação musical e ecologia acústica. Tradutora de Murray Schafer para o português, com quem tem trabalhado há muitos anos. Membro fundador do FLADEM – Fórum Latino-americano de Educação Musical e do WFAE – The World Forum for Acoustic Ecology; membro da ABEM – Associação Brasileira de Educação Musical e de The Wolf Project, no Canadá, grupo dedicado à vivência ecológica de obra artística de Murray Schafer. Coordenadora da área de Educação Musical do Projeto “Caminhos sonoros”, em Mairiporã em 2011, 2012 e 2013 (FAREARTE, Prefeitura de Mairiporã e Holcin), do Projeto “Educação Musical pela Voz”, da UNESP e regente do Grupo CantorIA(Pró-Reitoria de Extensão da UNESP), de 1989 a 2013.

ADRIANA RODRIGUES (UNICBE)

Vice-Presidente do FLADEM (Internacional) Foro Latinoamericano de Educación Musical. Doutoranda em Música (UNIRIO), Mestre em Música e Educação (UNIRIO), graduada em Musicoterapia e licenciada em Música (Conservatório Brasileiro de Música Centro Universitário CBM CEU). Coordenadora da Especialização em Educação Musical, parceria Fladem Brasil e CBM CEU. Professora do curso de Licenciatura em Música do CBM CEU. Coordenadora Pedagógica, professora da capacitação e co-autora do material didático do Programa Sala de Música da Sala Cecilia Meireles, direcionado as escolas públicas e projetos sociais do Estado do Rio de Janeiro. Professora orientadora da Pós-Graduação em Educação Musical do Centro Nacional de Ensino Superior, Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação (CENSUPEG). É coautora com Cecilia Conde e Marcos Nogueira do livro Sons & Expressões: a música na educação básica (Rovelle, 2013). Integra a equipe do Curso Livros e Leituras desde o berço parceria da SME do RJ e da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil - FNLIJ. Faz parte do grupo de pesquisa Grupo de Estudos em Cultura, Trabalho e Educação - UFF tendo como líder a Professora Luciana Requião. Organizou o XXI Seminário Latinoamericano de Educação Musical em 2015 no Rio de Janeiro. Foi Diretora Técnico-Cultural do CBM CEU de 2010 a 2014. Foi Presidente do Fladem Brasil (2013-2017). Cantora com experiência em canção popular, música coral e no uso da voz na prática educacional. Desenvolve pesquisa sobre a expressão criadora na música e educação.

 

CONSELHO FISCAL

PRESIDENTE - VINÍCIUS EUFRÁSIO (UFMG)

É mestre em Música pelo Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade Federal de Minas Gerais (2017), tendo recebido apoio integral através da bolsa de fomento da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal Ensino de Nível Superior). Possui Especialização em Música Brasileira e Educação Musical (2013) pela UNINCOR - Universidade Vale do Rio Verde; e Especialização em Educação Musical com Ênfase em Música Popular (2015) pela UNIS - Centro Universitário do Sul de Minas Gerais. Graduou-se em Licenciatura em Música com Habilitação em Canto (2012) também pela UNINCOR. É representante estadual (Minas Gerais) da sessão nacional do Fórum Latinoamericano de Educação Musical (Fladem Brasil). Em relação à produção acadêmico/científica, está vinculado ao NEMUB - Núcleo de Estudos em Música Brasileira e ao CEAMM - Centro de Estudos dos Acervos Musicais Mineiros. Atua na área de artes, com ênfase em música, desde 2010, tendo atuado em instituições educacionais de cidades como Belo Horizonte, Formiga, Arcos, Iguatama, Campo Belo e Cláudio, em Minas Gerais, onde desenvolveu propostas educacionais relacionados a processos de ensino e aprendizagem de música, estudos culturais e atividades de formação para crianças, adolescentes e adultos, além de, através da MUSICAR, prestar serviços de consultoria pedagógica, workshops, e produção de materiais pedagógicos.

GUSTAVO FROSI BENNETTI (UFRR)

Professor do Curso de Música da Universidade Federal de Roraima (UFRR). Doutor em Música, área de concentração – Musicologia, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Possui graduação em Música e mestrado em História pela Universidade de Passo Fundo (UPF). Exerce suas atividades docentes principalmente nas áreas de musicologia e canto. É líder do grupo de pesquisa "Musicologia na Amazônia". Possui experiência em arquivologia aplicada à música e em edição musical. Atua como pesquisador da história da música no Brasil.

MÁRCIO CORTE REAL (UFG)

Licenciatura em Música, pela UFSM, 1999. Mestrado em Educação, UFSM, 2001. Doutorado em Educação, UFSC, 2006. Professor Associado da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás - disciplina de Educação e Música, na graduação em Pedagogia. Membro do Programa de Pós-Graduação em Educação, FE/UFG, orientador de Mestrado e Doutorado.

COMISSÃO DE COMUNICAÇÃO

COORDENAÇÃO - ELIZA REBECA SIMÕES NETO VAZQUEZ (Ciranda da Arte- GO)

Mestre pela Universidade de Brasília (2009) do curso "Música em contexto". Graduada em musica pela Universidade Estadual de Londrina (2003). Professora Pesquisadora no Centro de Estudo e Pesquisa Ciranda da Arte- Secretaria de Educação do Estado de Goiás. Professora de música do SESC Cidadania- Ensino fundamental II. Trabalha com criações audiovisuais, tanto na parte de imagem como na captura de áudio. É idealizadora e diretora da revista digital Webzine Ciranda (http://www.webzinecirandaarte.com.br/) que produz materiais pedagógicos nas áreas de artes. É vice diretora da cia sala 3 de teatro.

SOCIAL MEDIA: MICAEL CARVALHO (Colun/UFMA)

 

Mestrando em Educação pela Universidade Federal do Maranhão (PPGE-UFMA). Licenciado em Música pela Universidade Federal do Maranhão - UFMA (2016). Especialista em Educação Musical pela Universidade Cândido Mendes - UCAM (2017). Professor efetivo de Música do Colégio Universitário da UFMA, Classe D1, Nível 1, Regime de Dedicação Exclusiva. Foi bolsista no projeto PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência) pela CAPES, Subprojeto de Música (2014-2016). Foi bolsista do PIBID Artes nos anos de 2012 a 2014, com a temática sobre cultura afrobrasileira, abordando-a nas séries do Ensino Médio. Desenvolve estudos nas áreas de formação docente; currículo em música; culturas populares do Maranhão e ensino de instrumento. É membro associado do Fórum Latinoamericano de Educação Musical (Fladem Brasil) e Associação Brasileira de Educação Musical (ABEM). Coordena o projeto de pesquisa "Musicalidade Afrobrasileira do Tambor de Crioula em São Luís do Maranhão", vinculado à FAPEMA. Coordena o Projeto "Flauteando com a Música Popular Brasileira" (COLUN/UFMA). Coordenador Regional Nordeste do Fladem Brasil (Fórum Latinoamericano de Educação Musical - Secção Brasileira).e

            

 

SOCIAL MEDIA: MAGDA PUCCI (MAWACA)

Magda Pucci é musicista – arranjadora, compositora e cantora – além de pesquisadora da música de vários povos há mais de 20 anos. É diretora musical do grupo Mawaca, grupo que canta em mais de 20 línguas. É graduada em Regência pela ECA-USP, mestre em Antropologia pela PUC-SP e doutora em Performance and Creative Arts pela Universidade de Leiden na Holanda. Desenvolveu vários projetos no Terceiro Setor, como Meninos do Morumbi, Ação Comunitária, Grupo de refugiados no SESC Carmo ente outros. É coautora com Heloisa Prieto dos livros “De todos os cantos do mundo” (Cia. das Letrinhas) e “Contos Musicais” (Leya). Em parceria com Berenice de Almeida escreveu os s livros: “Outras terras, outros sons” (Callis), “A Floresta Canta – Uma expedição sonora por terras indígenas do Brasil” (Peirópolis) e a “Grande Pedra” (Saraiva). É coordenadora do espaço cultural Estúdio Mawaca, além de ministrar palestras, oficinas e cursos de músicas do mundo e de cultura indígena brasileira em várias instituições. É professora convidada no curso de Pós-Graduação no Instituto Singularidades e da EPARM da UNESPAR.Foi diretora musical da Orquestra Mediterrânea, junto a Carlinhos Antunes e Lívio Tragtemberg, projeto que envolveu 21 músicos de países mediterrâneos produzido pelo SESC que gerou um DVD e um CD. Desenvolveu alguns projetos no Terceiro Setor como a implantação do canto no grupo 'Meninos do Morumbi', o grupo de refugiados no SESC Carmo e a produção musical dos CDs e mostras culturais da Ação Comunitária Brasil além de ter participado de várias oficinas para professores Paiter Suruí em Rondônia com Betty Mindlin e a linguista Ana Suely Arruda (UNB). Foi professora da UAM - Universidade Anhembi Morumbi – nas disciplinas Música Brasileira e Produção Musical. Tem ministrado cursos e oficinas de músicas do mundo e cultura indígena desde 2000, em diversas instituições tais como Unicamp, Itaú Cultural, Escola Canto do Brasil, FLADEM, ABRAORFF, Teca Oficina de Música, FACCAMP entre outras. Como parte de seu Doutorado na Holanda, ministrou aulas na Universidade de Amsterdam, no Conservatório de Amsterdam, na Universidade de Leiden e na Universidade de Istambul. É também pesquisadora convidada do grupo Vox Mundi da UNICAMP dirigido pela cantora Regina Machado. Fez a direção musical do projeto Música Indígena no Palco em Dourados, MS.

REVISÃO: GLAUBER RESENDE DOMINGUES (SME/RJ)

Doutor e Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Graduado em Licenciatura em Música pela Escola de Música da mesma universidade. Professor de Educação Musical na Secretaria Municipal de Educação da cidade do Rio de Janeiro, atuando no 2º segmento do Ensino Fundamental na Escola Municipal Rose Klabin e Professor das oficinas de Cinema e Música, Teclado e Canto Coral no Núcleo de Arte Grande Otelo. Vice-presidente do Fórum Latino-Americano de Educação Musical - sessão Brasil. Integra o Grupo de Pesquisa Currículo e linguagem cinematográfica na Educação Básica e o Programa de Extensão CINEAD - Cinema para aprender e desaprender, do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFRJ. Membro da Rede KINO - Rede Latino-Americana de Educação, Cinema e Audiovisual. Tem interesse pelos estudos acerca da Arte, com foco nos processos de Escuta em experiências estéticas na escola, com foco na Música e no Cinema, principalmente a partir de interlocuções com a Filosofia da Diferença.

 

DESIGNER GRÁFICO:

 

ELIZA REBECA SIMÕES NETO VAZQUEZ (GO)

Mestre pela Universidade de Brasília (2009) do curso "Música em contexto". Graduada em musica pela Universidade Estadual de Londrina (2003). Professora Pesquisadora no Centro de Estudo e Pesquisa Ciranda da Arte- Secretaria de Educação do Estado de Goiás. Professora de música do SESC Cidadania- Ensino fundamental II. Trabalha com criações audiovisuais, tanto na parte de imagem como na captura de áudio. É idealizadora e diretora da revista digital Webzine Ciranda (http://www.webzinecirandaarte.com.br/) que produz materiais pedagógicos nas áreas de artes. É vice diretora da cia sala 3 de teatro.

HUGO BOZZANO (SP)

Licenciado em Educação Musical pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Especialização em Atendimento Escolar Hospitalar pela Universidade Federal de Sao Paulo (Unifesp). É educador musical, músico e compositor. Também atua em projetos artlsticos interdisciplinares. Atualmente cursa mestrado na Universidad de Valencia, onde pesquisa o uso de materiais didáticos na sala de aula de Artes.

WEB DESIGNER

ELIZA REBECA SIMÕES NETO VAZQUEZ (GO)

Mestre pela Universidade de Brasília (2009) do curso "Música em contexto". Graduada em musica pela Universidade Estadual de Londrina (2003). Professora Pesquisadora no Centro de Estudo e Pesquisa Ciranda da Arte- Secretaria de Educação do Estado de Goiás. Professora de música do SESC Cidadania- Ensino fundamental II. Trabalha com criações audiovisuais, tanto na parte de imagem como na captura de áudio. É idealizadora e diretora da revista digital Webzine Ciranda (http://www.webzinecirandaarte.com.br/) que produz materiais pedagógicos nas áreas de artes. É vice diretora da cia sala 3 de teatro.

COORDENAÇÕES REGIONAIS E REPRESENTAÇÕES ESTADUAIS:

 

SUL – DULCIMARTA LEMOS LINO (UFRGS)

DULCIMARTA LEMOS LINO é Professora da Universidade do Rio Grande do Sul (UFRGS) na Faculdade de Educação, Departamento de Estudos Especializados, área Educação Infantil. Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Licenciada em Educação Artística: Habilitação em Música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Fundadora e pesquisadora do Coletivo do Espaço de Criação Musical, tempo espaço pedagógico para experimentar a poética de barulhar no ensino de música.

RS – EDUARDO PACHECO (UERGS)

Possui graduação em Música, Bacharel - opção : Percussão pela Universidade Federal de Santa Maria (2001) e mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (2005). É doutor pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul na linha de Pesquisa Filosofias da Diferença e da Educação. Professor da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, tem seu trabalho voltado para a formação de professores interessados em problematizar sobre a arte dentro do contexto educacional. Atua como instrumentista solo de percussão procurando trabalhar em espaços identificados com a educação, na perspectiva de aproximar o fazer artístico das discussões que envolvem o campo da Educação. É coordenador do curso de Música - Licenciatura da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul. É coordenador dos grupos de Pesquisa ARTDIFE - Arte, Diferença e Educação e ZIP - Zona de Investigação Poética, grupos que envolvem os cursos de Licenciatura em Música, Dança, Artes Visuais e Teatro da UERGS. É professor do Programa de Pós-Graduação em Educação da mesma universidade.

PR – JULIANE LARSEN (UNILA)

Professora Assistente na Universidade Federal da Integração Latino-Americana - UNILA, em Foz do Iguaçu. Bacharel em piano pela Universidade Estadual de Maringá (2007) e mestre em Artes pela Universidade de São Paulo (2010), sob orientação do Prof. Dr. Rodolfo Nogueira Coelho de Souza. Atualmente cursa o doutorado em Música sob orientação do Prof. Dr. Mário Rodrigues Videira Junior, na área de Musicologia, também na Universidade de São Paulo, onde desenvolve pesquisa sobre a música de concerto como representação da cultura de elite no período da Primeira República brasileira. Entre 2015 e 2016 realizou estágio de doutorado na Universidade de Roma “La Sapienza”, sob orientação do Prof. Dr. Emanuelle Senici, com quem trabalhou questões envolvendo a historiografia musical. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Musicologia, atuando principalmente nas subáreas de história da música e historiografia musical.

SC – LEONARDO NUNES (UFRGS)

Bacharel em Composição Musical pela UFRGS (2004); bolsista CNPq (2000 - 2004); especialista em Informática na Educação pelo CINTED/UFRGS (2011); ex-tutor presencial do curso de Licenciatura em Música, modalidade EAD, da UFRGS e Universidades parceiras (2008 - 2012); contemplado com o Prêmio Funarte de Composição Clássica (2010 e 2012); mestre em Educação Musical pela UFBA (2013 - 2015); e doutorando em Educação Musical, por essa mesma Universidade. Integra o Grupo de Pesquisa Proposta Musicopedagógica Cante e Dance com a Gente (PropMpCDG, certificação UFRGS, desde 1999), liderado pela profª Drª Helena de Souza Nunes. Atua nas seguintes temáticas: Composição Musical, Educação Musical a Distância, Musicopedagogia, Musicalização e Formação de Professores.

 

SUDESTE – RITA MARIA (Vozes Sinérgicas)

Cantora, compositora, improvisadora, educadora musical, curiosa, pesquisadora, provocadora, performer, dançadeira, produtora, errante, flademiana, instigada pelo som, pela escuta, ouvidos atentos, ativos, ávidos, vivos. Do som para o corpo, do corpo para a voz, a voz no corpo, corpo e voz no espaço. É integrante do Coro Profana (coletivo que investiga a voz em performance), da Orquestra do Corpo (grupo de música corporal e processos criativos dirigido por Fernando Barba e Stenio Mendes), preparadora vocal e intérprete da Companhia Giz de Cena (dança e música para crianças) e diretora do Vozeiral (grupo vocal formado por mulheres, com temática voltada para o feminino e feminismo). Licenciada em música pela Universidade de São Paulo desde 2015.

RJ – LEONARDO NASCIMENTO (UNIRIO)

Mestre em Educação Musical pela UNIRIO e Licenciado em Música pela UERN. Atua como professor nos anos iniciais do ensino fundamental da Escola SESI Barra Mansa, além de desenvolve trabalho de ensino coletivo de violão.

SP – MAGDA PUCCI (MAWACA)

Magda Pucci é musicista – arranjadora, compositora e cantora – além de pesquisadora da música de vários povos há mais de 20 anos. É diretora musical do grupo Mawaca, grupo que canta em mais de 20 línguas. É graduada em Regência pela ECA-USP, mestre em Antropologia pela PUC-SP e doutora em Performance and Creative Arts pela Universidade de Leiden na Holanda. Desenvolveu vários projetos no Terceiro Setor, como Meninos do Morumbi, Ação Comunitária, Grupo de refugiados no SESC Carmo ente outros. É coautora com Heloisa Prieto dos livros “De todos os cantos do mundo” (Cia. das Letrinhas) e “Contos Musicais” (Leya). Em parceria com Berenice de Almeida escreveu os s livros: “Outras terras, outros sons” (Callis), “A Floresta Canta – Uma expedição sonora por terras indígenas do Brasil” (Peirópolis) e a “Grande Pedra” (Saraiva). É coordenadora do espaço cultural Estúdio Mawaca, além de ministrar palestras, oficinas e cursos de músicas do mundo e de cultura indígena brasileira em várias instituições. É professora convidada no curso de Pós-Graduação no Instituto Singularidades e da EPARM da UNESPAR.Foi diretora musical da Orquestra Mediterrânea, junto a Carlinhos Antunes e Lívio Tragtemberg, projeto que envolveu 21 músicos de países mediterrâneos produzido pelo SESC que gerou um DVD e um CD. Desenvolveu alguns projetos no Terceiro Setor como a implantação do canto no grupo 'Meninos do Morumbi', o grupo de refugiados no SESC Carmo e a produção musical dos CDs e mostras culturais da Ação Comunitária Brasil além de ter participado de várias oficinas para professores Paiter Suruí em Rondônia com Betty Mindlin e a linguista Ana Suely Arruda (UNB). Foi professora da UAM - Universidade Anhembi Morumbi – nas disciplinas Música Brasileira e Produção Musical. Tem ministrado cursos e oficinas de músicas do mundo e cultura indígena desde 2000, em diversas instituições tais como Unicamp, Itaú Cultural, Escola Canto do Brasil, FLADEM, ABRAORFF, Teca Oficina de Música, FACCAMP entre outras. Como parte de seu Doutorado na Holanda, ministrou aulas na Universidade de Amsterdam, no Conservatório de Amsterdam, na Universidade de Leiden e na Universidade de Istambul. É também pesquisadora convidada do grupo Vox Mundi da UNICAMP dirigido pela cantora Regina Machado. Fez a direção musical do projeto Música Indígena no Palco em Dourados, MS.

ES – GINA BARRETO (UFES)

Doutora em Música pelo Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2015). Mestre em Música pelo Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2003). É graduada em Música - Bacharelado - Piano pela Faculdade de Música do Espirito Santo (1991). É graduada em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Espírito Santo (1987). Atualmente ocupa a função de Professor Auxiliar de Ensino na Faculdade de Música do Espirito Santo (FAMES) e Coordenadora do Curso de Formação Musical também na FAMES. É violoncelista da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo. Em 2016, tem atuado como professora e orientadora em dois cursos de especialização: Regência e Musicoterapia ministrando disciplinas com ementas relacionadas a música e educação e musicologia. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Música, atuando principalmente com os seguintes temas: educação musical, história da música geral e brasileira, psicologia da música e pesquisa em música.

MG – VINÍCIUS EUFRÁSIO (UFMG)

É mestre em Música pelo Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade Federal de Minas Gerais (2017), tendo recebido apoio integral através da bolsa de fomento da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal Ensino de Nível Superior). Possui Especialização em Música Brasileira e Educação Musical (2013) pela UNINCOR - Universidade Vale do Rio Verde; e Especialização em Educação Musical com Ênfase em Música Popular (2015) pela UNIS - Centro Universitário do Sul de Minas Gerais. Graduou-se em Licenciatura em Música com Habilitação em Canto (2012) também pela UNINCOR. É representante estadual (Minas Gerais) da sessão nacional do Fórum Latinoamericano de Educação Musical (Fladem Brasil). Em relação à produção acadêmico/científica, está vinculado ao NEMUB - Núcleo de Estudos em Música Brasileira e ao CEAMM - Centro de Estudos dos Acervos Musicais Mineiros. Atua na área de artes, com ênfase em música, desde 2010, tendo atuado em instituições educacionais de cidades como Belo Horizonte, Formiga, Arcos, Iguatama, Campo Belo e Cláudio, em Minas Gerais, onde desenvolveu propostas educacionais relacionados a processos de ensino e aprendizagem de música, estudos culturais e atividades de formação para crianças, adolescentes e adultos, além de, através da MUSICAR, prestar serviços de consultoria pedagógica, workshops, e produção de materiais pedagógicos.

 

NORTE – TAINÁ FAÇANHA (UFPA)

Mestre em Artes pelo PPGArtes-UFPA, na linha "História, crítica e educação em Artes". É Licenciada em Música pela Universidade do Estado do Pará. Desenvolve pesquisa na área da educação musical, com enfoque em políticas públicas, formação de professores e estudos em história oral voltado à memória de professores de música. Iniciou seus estudos no Instituto Estadual Carlos Gomes, na prática do clarinete e na Escola de Música da UFPA, no canto lírico. É membro da diretoria do Fladem-Brasil, atuando como Coordenadora da Região Norte e representante do Estado do Pará. Atua como bolsista CNPQ, no laboratório de Etnomusicologia da UFPA, membro do Grupo de Estudos sobre Música no Pará - GEMPA.

AP – EMANUEL CORDEIRO (UFAP)

Professor e coordenador do Curso de Licenciatura em Música da Universidade do Estado do Amapá (UEAP). Possui mestrado em Composição Musical pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Especialização em Fundamentos da Criação em Música pela Universidade Federal do Pará (UFPA), Bacharelado em Composição e Arranjo pela Universidade do Estado do Pará (UEPA) e Bacharelado em violão pela Universidade do Estado do Pará (UEPA). Teve composições premiadas no Prêmio Funarte de Composição Clássica, 3º Festival Cultura de Música e 3º Festival da Associação de rádios públicas do Brasil (ARPUB). Suas obras tem sido apresentadas por diversos grupos musicais: Orquestra Sinfônica Nacional, Orquestra Sinfônica da Universidade Federal da Bahia, Coro Carlos Gomes, entre outros grupos.Tem experiência na área de composição musical, arranjo e violão.

RR – ROSÂNGELA DUARTE (UFRR)

Me formei em música no Conservatório Carlos Gomes, em São Paulo. Fiz mestrado em Educação em Cuba e doutorado em Educação na UFRGS, sob a orientação da Prof. Esther Beyer. Minha tese trata da construção do conhecimento musical dos professores de educação infantil, acredito no trabalho do pedagogo em parceria com o professor de música para levarmos a música para a sala de aula como conhecimento a ser vivenciado pelas crianças. Eu moro em Boa Vista - Roraima, extremo norte do Brasil, me aposentei no ano passado pela Universidade federal de Roraima, mas continuo como professora colaboradora a coordenar o Núcleo de Pesquisa Criança, Educação e Arte - CREAR, onde temos projetos em andamento junto ao Centro de Educação da UFRR, e convênios com municípios, Tribunal de Justiça (Vara da Infância) e outras universidades. Sou professora do Mestrado em educação da Universidade Estadual de Roraima.

AM – CAROLINE CAREGNATO (UFMA)

Possui graduação em Licenciatura em Música pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (2009), graduação em Educação Artística pela Universidade Federal do Paraná (2009), mestrado em Música pela Universidade Federal do Paraná (2012) e doutorado em Música pela Universidade Estadual de Campinas (2016). Atualmente é professora assistente da Universidade do Estado do Amazonas. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Cognição Musical, atuando principalmente nos seguintes temas: cognição musical, teoria piagetiana e educação musical.

PA – TAINÁ FAÇANHA (UFPA)

Mestre em Artes pelo PPGArtes-UFPA, na linha "História, crítica e educação em Artes". É Licenciada em Música pela Universidade do Estado do Pará. Desenvolve pesquisa na área da educação musical, com enfoque em políticas públicas, formação de professores e estudos em história oral voltado à memória de professores de música. Iniciou seus estudos no Instituto Estadual Carlos Gomes, na prática do clarinete e na Escola de Música da UFPA, no canto lírico. É membro da diretoria do Fladem-Brasil, atuando como Coordenadora da Região Norte e representante do Estado do Pará. Atua como bolsista CNPQ, no laboratório de Etnomusicologia da UFPA, membro do Grupo de Estudos sobre Música no Pará - GEMPA.

TO – ANDERSON BRASIL (UFTO)

Professor Assistente da Universidade Federal do Tocantins no curso de Educação do Campo - habilitação em Artes e Música, ensina as disciplinas Canto Coral, Violão Eletivo e Estágio Supervisionado. Doutorando em Educação Musical pela Universidade Federal da Bahia, possui Mestrado (2014) e Graduação (2008) em Educação Musical pela mesma instituição. Integrou como violonista e saxofonista a bicentenária Banda de Música da Polícia Militar da Bahia. Foi professor de Musicalização Infantil nas Extensões da Escola de Música da UFBA. Coordenou o projeto da Polícia Militar da Bahia: Polícia x Música e Comunidade. Foi tutor de canto coral: no DETRAN/ BA, atuou como professor de música na Escola de Educação Percussiva Integral - EEPI, ensinado técnica vocal e teoria musical. Na Comunidade ou da Baixa Fria na cidade de Salvador ensinou violão clássico/popular por meio da Missão Nordeste. Foi professor substituto em caráter de dedicação exclusiva das disciplinas Estágio Supervisionado, Prática de Ensino e Instrumento Suplementar II, III, IV Violão na Universidade Federal da Bahia. Integra o Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação do Campo - GEPEC/UFT e o Grupo de Estudo e Pesquisa Educação Musical - EMIC. Atualmente vem pesquisando sobre os seguintes temas: Educação Musical em Projetos Sociais e Música x Sociedade. Cantor, compositor e instrumentista, teve algumas de suas canções gravadas em CDs de alguns dos maiores festivais de música do Brasil.

 

AC –  ELDER GOMES (UFAC)

RO – MARCELO CAIRES LUZ (IFRO)

Professor EBTT do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia. Mestre e pesquisador em Gerontologia Social com o tema Educação Musical na terceira idade. Professor do Festival Internacional de Música de Londrina, PR. Foi professor do Centro de Comunicação e Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie, SP, entre outras IES. Autor do livro "Educação Musical na Maturidade", editora SOM, SP.

 

NORDESTE – MICAEL CARVALHO (Colun/UFMA)

Mestrando em Educação pela Universidade Federal do Maranhão (PPGE-UFMA). Licenciado em Música pela Universidade Federal do Maranhão - UFMA (2016). Especialista em Educação Musical pela Universidade Cândido Mendes - UCAM (2017). Professor efetivo de Música do Colégio Universitário da UFMA, Classe D1, Nível 1, Regime de Dedicação Exclusiva. Foi bolsista no projeto PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência) pela CAPES, Subprojeto de Música (2014-2016). Foi bolsista do PIBID Artes nos anos de 2012 a 2014, com a temática sobre cultura afrobrasileira, abordando-a nas séries do Ensino Médio. Desenvolve estudos nas áreas de formação docente; currículo em música; culturas populares do Maranhão e ensino de instrumento. É membro associado do Fórum Latinoamericano de Educação Musical (Fladem Brasil) e Associação Brasileira de Educação Musical (ABEM). Coordena o projeto de pesquisa "Musicalidade Afrobrasileira do Tambor de Crioula em São Luís do Maranhão", vinculado à FAPEMA. Coordena o Projeto "Flauteando com a Música Popular Brasileira" (COLUN/UFMA). Coordenador Regional Nordeste do Fladem Brasil (Fórum Latinoamericano de Educação Musical - Secção Brasileira).

PB – HARUE TANAKA (UFPB)

Professora da Universidade Federal da Paraíba, no Depto. de Música (Bacharelado), mestre em educação (UFPB) e doutora em educação musical (UFBA e IPP - Instituto Politécnico do Porto/Portugal). Pianista, acordionista, maracatuzeira (instrumento alfaia)e etnomusicóloga. Atualmente, lidera o grupo de pesquisa MUCGES - Grupo de Pesquisa em Estudos Interdisciplinares em Música, Corpo, Gênero, Educação e Saúde. Como pesquisadora possui largo interesse nas pesquisas localizadas em contextos não escolares de ensino e aprendizagem musica. Tal interesse ensejou a publicação de sua dissertação de mestrado em formato de livro denominado "Diário de uma ritmista aprendiza" (2009); além de se debruçar sobre os vários contextos em que se sobressaem as mulheres como performers, principalmente, como instrumentistas - batuqueiras, sanfoneiras, maracatuzeira, etc. - sendo seu foco de atenção, em termos de pesquisa.

BA – LUAN SODRÉ (UFBA)

Luan Sodré de Souza é músico, violonista e educador musical. É licenciado em Música pela Universidade Federal da Bahia - UFBA, mestre e atualmente doutorando em Educação Musical pelo Programa de Pós-Graduação em Música da mesma instituição - PPGMUS/UFBA. Foi professor de música em escolas de educação básica da rede privada de Salvador-Bahia-Brasil, atuando principalmente na educação infantil e no ensino fundamental I. Além de ministrar aulas particulares de violão, trabalhou em escolas especializadas de música, projetos sociais e na extensão da Escola de Música da UFBA: nas oficinas de violão, e nos projetos de musicalização infantil e musicalização de adultos. Enquanto músico, integrou a Orquestra de Violões da UFBA, além de atuar como violonista, guitarrista e flautista no cenário musical de Salvador. Também têm feito trabalhos na área de áudio. Atualmente, como doutorando, integra o grupo de pesquisa VIEMUS (Violão e Educação Musical), que sob a coordenação da Professora Doutora Cristina Tourinho têm reunido investigações sobre Educação musical e, ensino e aprendizagem do violão. É colaborador do ITES/UFBA (Incubadora Tecnológica de Economia Solidária), no projeto ECOSMAR, contribuindo com questões ligadas a música, educação musical e cultura na ASCOMAT. Foi professor de música da rede municipal de São Francisco do Conde-Ba. Luan tem experiência na área de música, com ênfase em Educação Musical e têm se debruçado em temas ligados a: Ensino e aprendizagem do violão; Música, cultura e sociedade; e Formação de professores de música.

CE – LEONARDO BORNE (UFC)

Educador musical, pesquisador e flautista. É bacharel em música - Habilitação Composição pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, mestre em Educação - Educação Musical pelo PPG Educação da UFRGS, doutor em Música - Educação Musical pela Universidad Nacional Autónoma de México, e tem estudos em Musicoterapia pela Faculdades EST. Atuou e tem experiência profissional nas áreas de musicoterapia, educação infantil, educação especial e inclusão, experiência científica e profissional em desenvolvimento infantil, contextos não-formais, formação de professores e educação continuada, educação à distância e pedagogia universitária. Atualmente é Professor Assistente da Universidade Federal do Ceará (UFC - Campus Sobral), dedicando-se ao ensino, pesquisa e extensão nas áreas de educação musical, avaliação, teoria musical, percepção e solfejo, canto em grupo. Também se preocupa com os debates e a produção musical e educacional latinoamericana. Sua produção científica tem sido apresentada e publicada em diversos contextos regionais, nacionais e internacionais, destacando-se o FLADEM, a ISME, a ABEM e a ANPPOM. É lider do grupo de estudos e pesquisa MusA (Música e Ação), vinculado à UFC-Sobral, e membro do Grupo de Pesquisa em Educação Musical (EDUCAMUS), vinculado ao PPG em Educação da UFRGS, e do Seminario Permanente de Innovación Pedagógica, vinculado à FES-Acatlán da UNAM-México. É o representante do estado do Ceará na mesa diretora do Fladem-Brasil (gestão 2017-2019) e o presidente do comitê acadêmico do Formedem-México (gestão 2016-2018).

RN – FLÁVIA FAGUNDES (UERN)

Professora do curso de Licenciatura em Música da Universidade do Estado de Rio Grande do Norte. Possui mestrado em Educação Musical pelo Programa de Pós-Graduação em Música na Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN, e Licenciatura em Música pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2013). Atuou como professora de música do Núcleo de Educação da Infância - NEI/CAp - UFRN (2014- 2015).Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Música e Teatro, atuando principalmente nos seguintes temas: educação musical, motivação e musicalização.

PI – EDUARDO MONTI (UFPI)

Universidade Federal do Piauí, Centro de Ciências da Educação, Coordenação de Música. Avenida Universitária, Ininga, CEP:64049550 - Teresina, PI - Brasil.

AL – 

MA – GABRIELA FLOR (UFMA)

Mestre em Música (Educação Musical) pelo Programa de Pós-graduação em Música da Universidade do Estado de Santa Catarina (PPGMUS/UDESC) (2013). Trabalha na área de Educação Musical desde 1999, atuando em escolas de Ensino Fundamental da rede pública e privada, escolas de música e cursos de formação continuada de professores. Atua como percussionista em grupos de música popular brasileira. Atualmente, é professora no curso de Licenciatura em Música da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

PE – CAROLINA COUTO (UFPE)

SE – ELIAS SANTOS (UFS)

Doutorando em Educação pela Universidade Tiradentes; Mestre em Educação pelo Programa de Pós-graduação da Universidade de São Paulo; Especialista em Arte Educação pela Faculdade São Luis de França; Especialista em Libras pela Faculdade Pio Décimo; Graduado em Pedagogia pela Universidade Tiradentes; Técnico em Música pelo Conservatório de Música de Sergipe. Desenvolve pesquisa no campo da História da Educação, com objeto voltado à História da Educação Musical Escolar no Brasil e em Sergipe. É autor do Livro Ó TUPÃ, DEUS DO BRASIL: O CANTO ORFEÔNICO NA ESCOLA NORMAL DE ARACAJU (2016).Atualmente trabalha como regente de coros de instituições públicas e particulares. É professor efetivo da Escola e Oficina de Artes Valdice Teles .

 

CENTRO OESTEKEMUEL KESLEY (IFG- Campus Inhumas)

 

MT –

GO – Márcio Corte Real (UFG)

Licenciatura em Música, pela UFSM, 1999. Mestrado em Educação, UFSM, 2001. Doutorado em Educação, UFSC, 2006. Professor Associado da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás - disciplina de Educação e Música, na graduação em Pedagogia. Membro do Programa de Pós-Graduação em Educação, FE/UFG, orientador de Mestrado e Doutorado.

DF –

MS – 

© 2018 por Rebeca Vazquez